Programação


Type e Flow

09h00 – 17h00

Type & Flow

workshop c/ Eduilson Coan no Mackenzie

Wood Type

14h00 – 18h00

Designing Chromatic Wood Type
& Printing With It

workshop c/ Nick Sherman na OTSP
Parte 1 de 2

Inscrições Abertas

16h00 – 20h00

A itálica na sua tinta

workshop c/ Gabriel Martínez Meave no Mackenzie
Parte 1 de 2

Inscrições Abertas


9h00 – 17h00

Designing Chromatic Wood Type
& Printing With It

workshop c/ Nick Sherman na OTSP
Parte 2 de 2

Inscrições Abertas

10h00 – 20h00

A itálica na sua tinta

workshop c/ Gabriel Martínez Meave no Mackenzie
Parte 2 de 2

Inscrições Abertas


 

13h00

Recepção

14h00

Abertura

Shima

14h20

Quando eu era um type designer

Shima

Ele já teve uma typefoundry experimental, foi designer, editor assistente da revista Tupigrafia e ajudou a criar o Tipocracia há dez anos. E mesmo tendo trocado as letras pela performance, Shima ainda é influenciado pela tipografia em seu trabalho de arte.

15h00

Então é assim?

Eduilson Coan

Como é trabalhar em tempo integral como designer de tipos no Brasil? Eduilson Coan conta um pouco sobre sua experiência à frente da dooType e como um hobby se transformou em atividade de tempo integral. Ritmo de trabalho, processo criativo, metodologia e divulgação são partes da rotina diária deste type designer curitibano.

Brasílica

15h40

Brasílica: reflexões sobre
tipografia e línguas indígenas

Rafael Dietzsch

O desenvolvimento da família Brasílica é o resultado de um ano de trabalho no curso de mestrado em design de tipos (MA Typeface Design) na Universidade de Reading, Inglaterra. Rafael Dietzsch apresentará seu processo de trabalho e algumas reflexões sobre o atual estado da tipografia para línguas indígenas no território brasileiro.

 

16h20

Coffee Break

Fátima Finizola

16h40

O typedesign como instrumento de registro da gráfica popular

Fátima Finizola

A palestra apresenta a produção experimental do projeto colaborativo Crimes Tipográficos, que tem como uma de suas principais abordagens, o uso do typedesign como ferramenta de registro e valorização de manifestações da gráfica popular produzidas por artífices, em sua grande maioria, anônimos. Entre os cases apresentados, estará o dingbat Carroceria, projeto mais recente do grupo, resultado da pesquisa Iconografia das Carrocerias de Caminhão de Pernambuco.

Petrobras

17h20

Petrobras: o desafio é o nosso briefing

Fabio Haag e Fernando Caro

Projetar a tipografia para a maior empresa do Brasil traz desafios à altura. Fabio Haag e Fernando Caro, da Dalton Maag, apresentarão os bastidores do processo de criação da Petrobras Sans, que responde a um briefing complexo.

 

18h00

Intervalo para Jantar

Peter Bilak

19h40

Precisamos de novas fontes?

Peter Biľak

Peter Biľak vai falar sobre abordagens ao design de tipos. Um type designer contemporâneo precisa de design, linguística e habilidades técnicas para produzir fontes úteis. Porém todas estas habilidades são ensinadas em cursos distintos, então como fazer para obtê-las? É possível se fazer tipografias realmente novas hoje, quando existem mais de 100 mil fontes comerciais e mais de mil foundries?

Peter Bilak

20h30

Apresentação da revista Works That Work

Peter Biľak

A revista Works That Work investiga o processo criativo. Ela entende que a criatividade não é de domínio exclusivo dos artistas ou designers, mas algo que nos cerca em nosso dia-dia.

Lançamento das Revistas

21h00

Lançamentos

  • Revista Works That Work nº 1
  • Revista Leaf nº2 especial Tipografia

 

8h00

Recepção

meave

9h00

As linhas da mão

Gabriel Martínez Meave

A linha, sobretudo a caligráfica, está na raíz da escrita, da tipografia e da expressão. Nesta palestra, Meave fala sobre suas experiências com letras, signos, glifos e traços, da caligrafia à tipografia, a ilustração e o design, explorando as influências que permeiam seu trabalho. Da letra gótica aos códices aztecas, da pena de ave aos vetores, ele reflete sobre como retomar e reinventar o papel dos antigos «tlacuilos» ou escribas mexicanos, para os quais desenhar e escrever eram a mesma coisa.

10h00

Letreiro

Rubén Fontana

Fontana pretende expor seus métodos de trabalho em design: Como usam a tipografia em seu estúdio? Por que projetam alfabetos? Quais são os benefícios de conhecer a fundo as letras com que nos movemos no dia-dia? O pensamento tipográfico como metodologia e estratégia de trabalho. A palestra tratará destas e muitas outras inquietações vinculadas ao ofício.

 

11h00

Painel:
Ensino de Tipografia na America Latina

 

12h00

Intervalo para Almoço

14h00

Chicago, berço do type design americano moderno: Goudy, Cooper & Dwiggins

Paul Shaw

Com exceção de Morris Fuller Benton na American Type Founders, as três figuras dominantes do type design americano da primeira metade do século 20 começaram suas carreiras em Chicago. Frederic W. Goudy (1865–1947), Oswald Cooper (1879–1940) e W.A. Dwiggins (1880–1956) frequentaram Escola de Ilustração Frank Holme na mesma época no final dos anos 1890: Goudy como professor e os outros dois como estudantes. Como artistas de lettering e então como type designers, Goudy, Cooper e Dwiggins definiram a forma das letras americanas entre 1910 e 1950.

Shima

15h00

Andando na linha
– Type design, prática e história

Fred Smeijers

Winston Churchill uma vez disse: ‘Não adianta fazer o que se gosta, é preciso gostar do que se faz’. Mas como lidar com tudo o que a vida oferece a nós, type designers (ou quaisquer designers, no caso) – algumas coisas urgentes, mas sem importância; outras importante, mas sem urgência; e tudo aquilo que existe entre delas? Fred Smeijers vai discutir o equilíbrio entre projetos pessoais e trabalhos comissionados, passado e presente, e o papel que a consciência histórica desempenha em sua linha de trabalho.

 

16h00

Coffee Break

 

16h20

Painel: História da tipografia


 

8h00

Recepção

9h00

Digital Wood Type

Claudio Rocha

A releitura de modelos do passado é uma prática constante na história da tipografia. Com a crescente reabilitação do sistema de impressão tipográfica e de seus recursos estilísticos, a transposição do desenho de tipos confeccionados em madeira para o sistema digital ganhou destaque e pode ser considerada uma tendência atual no mercado de fontes digitais. A palestra de Claudio Rocha apresentará os protagonistas nesse novo cenário, com suas raízes históricas, perspectivas técnicas e desdobramentos de linguagem.

10h00

Fazendo tipos de madeira, ontem e hoje

Nick Sherman

Uma variedade de processos produtivos tem sido adotada para a criação de tipos móveis de madeira ao longo dos últimos séculos, cada qual com sua influência sobre a prática do design de tipos. Hoje, a tecnologia moderna segue expandindo as possibilidades de se criar grandes tipos para impressão com novos equipamentos e materiais. Através da análise destes processos, incluindo um projeto em curso com o Museu de Tipos de Madeira e Impressão de Hamilton, Nick Sherman apresenta algumas perspectivas sobre a confecção de tipos de madeira na era digital.

 

11h00

Painel: Letterpress

 

12h00

Intervalo para Almoço

Shima

14h00

Design de Bolso

Elesbão & Haroldinho

Sob as respectivas alcunhas Elesbão e Haroldinho, José Bessa e Cláudio Reston fundaram em 1997 o estúdio homônimo com enfoque em tipografia. Sua produção inicial, o fanzine experimental Design de Bolso, acabou pautando um discurso de questionamento interdisciplinar sempre rodeado pelas letras. Surgiram daí a fonthouse Tipopótamo, o espetáculo multimídia Freak Show (em parceria) e trabalhos em vídeo que, a partir de 2003, culminariam com dois novos sócios na Visorama Diversões Eletrônicas. Ambos estarão no TPC10 para rabiscar a própria biografia e rever os momentos que o backup quase apagou.

15h00

Obsessões no type design

Christian Schwartz

Detalhista e complexo, por vezes o type design é uma atividade intrinsecamente obsessiva, com ou sem um cliente envolvido. Todo o processo de criação de uma família tipográfica completa, em especial as que possuem um grande número de estilos, requer uma enorme dedicação. Christian Schwartz vai discutir como diversas obsessões, de letras estêncil à Factory Records e o design gráfico suíço do século 20 – algumas pessoais, muitas outras compartilhadas – moldaram o acervo da Commercial Type e motivaram Schwartz e seus colegas em vários de seus projetos.

 

16h00

Coffee Break

 

16h20

Painel: Mercado e novas tecnologias

 

18h00

Encerramento


10h00

Tipos de Rua • Rota Centro

A atividade baseia-se no registro fotográfico da tipografia urbana, ou paisagem tipográfica, paulistana. Através das imagens obtidas em safáris tipográficos feitos em percursos previamente definidos, buscamos representar o loco através da tipografia que alí se encontra. Nesta ocasião será percorrido o centro da cidade, trajeto que explora a sobreposição contemporânea na arquitetura antiga, ilustrando o contraste temporal da cidade.

Ponto de Encontro / Partida:

Praça da República,
em frente à Estação de Metrô

Confirme sua presença: tiposderua@gmail.com
[inscrições gratuitas – vagas limitadas]

www.tiposderua.com
www.facebook.com/tiposderua


Script Typefaces

09h00 – 17h00

Script Typefaces

workshop c/ Paul Shaw no Mackenzie

Stencil

09h00 – 17h00

Stencilling: from serious to fun

workshop c/ Fred Smeijers no Mackenzie

Inscrições Abertas